10/15/2008

Mestras no craft e na vida

Que bom!
Fui educada à moda antiga.
Aprendi trabalhos manuais(matéria obrigatória com nota e tudo, e na caderneta, hoje chamada de boletim)no Colégio das Mercês. Quando lembro da minha turma cantando enquanto bordava dá uma paaaz!
Minha mãe, Dona Neuza, sabia tuuuudo: costurava, bordava, tricotava, fazia flores de tecido e chapéus elegantes. Naquela época (anos 50) as mulheres costuravam até sua roupa íntima.
E fazia doces (chuvisco, papo-de-anjo, frutas cristalizadas... hummm!)devido à doce influência da minha avô doceira, Dona Mimi, que tinha uma verdadeira microempresa na Ponta da Areia e empregava vendedores ambulantes.
Mulheres de vanguarda!
Ai! lembrei do doce-de-leite caseiro, bomba de chocolate e sorvete de caju.
Só de pensar acho que engordei uns dois quilos!! :)

4 comentários:

Nile e Richard disse...

Oi amiga.Gostei do comentário.Se voce só de pensar engordou eu fico com água na boca.bjtos.Nile.

CROCHET DA HELOISA disse...

Oi Amiga

Vim visitar o seu blog porque não aguentei a curiosidade quando o vi no blog das amigas. Vc gosta de customizar as camisas de malha e eu acho isto muito legal...
Parabéns Bjs Heloisa Reis

Mia disse...

Hello Sanda, and thank you for your lovely comment in my blog. Today is the 1st Sunday of Advent, and it is today that we light the first of four advent candles. On the 2nd Sunday we light both the 1st and the 2nd candle and so on... until on the 4th Sunday of Advent all four candles are lit. It is a Norwegian custom and one I suppose you do not have. We tend to make a big deal out of Advent and the time up to Christmas as it is the darkest time of the year. Hence a lot of burning candles.

Valquiria disse...

Olá Sandra,nem sei como cheguei aqui.Sou um pouquinho igual a você que acumula conhecimento e enlouquece tentando colocar em prática tudo que aprendeu.Dou aulas de bordado em São Paulo onde moro,como voluntária em uma escola da rede pública e quando li sua postagem sobre como as artes manuais valiam nota e eram matéria obrigatória,me lembrei da diretora da escola falando a mesma coisa e me mostrando os paninhos em ajour que se aprendia a fazer naquela época.Que saudade,né?Eu fiquei não só com água na boca,mas até babei só de lembrar.Que delícia.
Beijinhos bordados e vou voltar sempre.Seu blog é delicioso de ler.